logo-corpore

 Trabalhando pela sua Saúde

Fitness - Corporate Fitness - Ginástica Laboral - Análise Ergonômica

Massagem - Recreação - RPG - Administração Esportiva

Home Fitness - Escolinha de Esportes - Programas Esportivos Completos

Análise Ergonômica

ergonimia

 

A Ergonomia (ou Fatores Humanos) é uma disciplina científica relacionada ao entendimento das interações entre os seres humanos e outros elementos ou sistemas, e à aplicação de teorias, princípios, dados e métodos a projetos a fim de promover o bem estar humano e o desempenho global do sistema.

Os Ergonomistas contribuem para o planejamento, projeto e a avaliação de tarefas, postos de trabalho, produtos, ambientes e sistemas de modo a torná-los compatíveis com as necessidades, habilidades e limitações das pessoas.

De maneira geral, os domínios de especialização da ergonomia são:

- Ergonomia física: está relacionada com às características da anatomia humana, antropometria, fisiologia e biomecânica em sua relação a atividade física. Os tópicos relevantes incluem o estudo da postura no trabalho, manuseio de materiais, movimentos repetitivos, distúrbios músculo-esqueléticos relacionados ao trabalho, projeto de posto de trabalho, segurança e saúde.

- Ergonomia cognitiva: refere-se aos processos mentais, tais como percepção, memória, raciocínio e resposta motora conforme afetem as interações entre seres humanos e outros elementos de um sistema. Os tópicos relevantes incluem o estudo da carga mental de trabalho, tomada de decisão, desempenho especializado, interação homem computador, estresse e treinamento conforme esses se relacionem a projetos envolvendo seres humanos e sistemas.

- Ergonomia organizacional: concerne à otimização dos sistemas sóciotécnicos, incluindo suas estruturas organizacionais, políticas e de processos. Os tópicos relevantes incluem comunicações, gerenciamento de recursos de tripulações (domínio aeronáutico), projeto de trabalho, organização temporal do trabalho, trabalho em grupo, projeto participativo, novos paradigmas do trabalho, trabalho cooperativo, cultura organizacional, organizações em rede, telemarketing e gestão da qualidade.

Fonte: http://www.ergonomianotrabalho.com.br/ergonomia.htm 

Segundo a legislação brasileira na Norma Regulamentadora 17, para avaliar a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, cabe ao empregador realizar a análise ergonômica do trabalho, devendo a mesma abordar, no mínimo, as condições de trabalho. As condições de trabalho incluem aspectos relacionados ao levantamento, transporte e descarga de materiais, ao mobiliário, aos equipamentos, às condições ambientais do posto de trabalho e à própria organização do trabalho.

Os maiores vilões que afetam os trabalhadores são as tendinites, bursites, lombalgias e dores musculares. Causadas principalmente pela má postura e condições inadequadas de trabalho. Uma análise ergonômica bem realizada identifica os pontos negativos que podem prejudicar sua empresa, corrigindo-os ou recomendando a correção destes pontos. Após a correção ergonômica do ambiente de trabalho, a produtividade aumenta e os afastamentos por enfermidades diminuem.

Não perca mais tempo!!! Agende uma visita de avaliação hoje mesmo!!!

Ler 4179 vezes